Viver de mentoria é possível? Veja algumas dicas

Você já conquistou resultados, tem experiência e conhecimento em uma área específica, está pronto para viver de mentoria.

No entanto, você ainda tem dúvidas se isso é possível. Se você é capaz de alcançar o sucesso como mentor e poder ajudar pessoas no seu desenvolvimento profissional.

Antes de aprofundar mais o assunto, preciso responder à questão que lhe trouxe até aqui: SIM! É possível viver dela.

Agora, preciso que você preste bastante atenção: a mentoria, assim com qualquer outra profissão, exige dedicação, muito estudo e entendimento que o seu tempo vale ouro. Principalmente, se você deseja ser um mentor bem-sucedido.

Recado dado, podemos prosseguir com algumas dicas valiosas para o seu sucesso como mentor.

Seu tempo vale ouro

Conforme dito, tenha em mente que seu tempo vale ouro. E por que digo isso?

Bem, se você acha que seu negócio será lucrativo trabalhando apenas 6h por dia, está enganado.

Entenda, é preciso de horas de dedicação, não só para os seus mentorados, mas também para que você trabalhe seu marketing, faça networking, planeje e estruture sua mentoria.

Além disso, é fundamental estar sempre estudando e antenado com as tendências de mercado sobre a aérea que você escolheu para ser mentor. Ninguém procura um mentor que não tem o conhecimento atualizado, muito menos indica ele.

Dessa forma, já deu para perceber que viver de mentoria requer dedicação de tempo e trabalho árduo.

Seja um mentor bem-sucedido

Ser bem-sucedido na profissão é o desejo de muitas pessoas. Mas para isso você precisa de comprometimento e assumir uma postura séria diante da sua carreira.

Com um mentor essas premissas não são diferentes, você deve estar envolvido na arte de mentorar, acompanhando seus clientes rumo ao sucesso e mudar alguns hábitos que podem fazer toda diferença – falo um pouco disso no artigo, Conheça os principais hábitos dos mentores bem sucedidos.

Além disso, outro fator importante que podem torná-lo a ser um mentor bem-sucedido é buscar melhores resultados, aqueles que vão levá-lo ao High Ticket.

O primeiro passo para o High Ticket

Primeiramente, preciso contar a minha história, que me levou a ser um mentor de alto valor.

Em uma das mentorias que participei, um dos meus mentores perguntou quais os produtos que eu tinha e o valor que eu cobrava por ele. E, na época, o curso mais caro que eu tinha custava R$497.

Então, ele retrucou perguntando porque não cobrar 10x mais pelo mesmo curso?

Por algum motivo, eu não conseguia cobrar isso no meu próprio curso, achava que ninguém compraria. O fato é que ele me colocou para pensar e pouco tempo depois eu lancei o meu curso já via Global e cobrei 10x mais, praticamente pelo mesmo curso que eu vendia no modelo anterior com alguns ajustes.

Diante disso, podemos perceber que preço gera autoridade, melhores resultados aos mentorados e um mentor para outro nível de profissionalismo.

Tenho outras histórias, de outros mentores, que contam sua trajetória para o sucesso como mentor. Você pode conferir no e-book que desenvolvi “Venda o seu conhecimento”, clique aqui e obtenha gratuitamente.

Dicas para viver de mentoria

Conforme já adiantei, as primeiras duas dicas valiosas para você viver de mentoria são:

Doe seu tempo:

Todo o tempo que você tiver deve ser dedicado a mentoria. Pode ser que no início seja mais difícil esse processo de adaptação, mas com organização você verá que é possível.

Vale dizer que não estou dizendo que seu tempo será dedicado somente aos seus mentorados, não é isso. Até porque ser mentor é mais que isso.

É você estar em constante desenvolvimento pessoal, ter um propósito, ter um plano de negócio, etc. E tudo isso precisa de tempo.

Busque ser um mentor high ticket:

Tudo o que você puder agregar ao seu negócio é válido para se tornar um mentor high ticket, pois esse será um dos pilares fundamentais para você viver de mentoria.

Para isso, monte um modelo de negócio, trabalhe a sua divulgação com afinco, produzindo materiais gratuitos, vídeos e tudo mais o que for necessário para você se tornar uma autoridade na área de sua experiência.

Além desses, as minhas dicas são:

Motive e inspire:

Seja uma pessoa motivada e motivadora, acredito, isso será um diferencial. Afinal, seus clientes procuram alguém os ajude e os direcione no caminho do sucesso.

Parte do papel de um mentor é inspirar seu aprendiz a atingir o potencial máximo, desafiando-os a sair da sua zona de conforto. Eles se sentindo assim, mais chances de indicar seu trabalho. E quanto mais indicação…você já sabe!

Ouça:

Um bom mentor sempre escuta primeiro o seu mentorado. Você tem como missão a conduzi-lo para uma solução ou passo diferente, mas não deve resolver a situação para ele.

Para que você faça isso, é precisa ouvir as dificuldades dele, removendo os obstáculos e criando novas oportunidades.

Um ponto importante, as suas experiências não precisam ser perfeitas os seus fracassos e dificuldades ao longo da vida e carreira são tão valiosos quanto os sucessos. E seu mentorado perceberá isso em você – outro grande diferencial.

Atualize-se constantemente:

Esteja sempre atento ao mercado e a tudo que agregue a sua experiência.

Eu mesmo, fiz inúmeras mentorias a fim de melhorar meu desempenho para que cada vez mais pudesse enriquecer meus cursos e mentorias.

Aqui na Global Mentoring mesmo você encontra diversos cursos que podem ajudá-lo nessa empreitada como mentor de alta performance e viver de mentoria.

4/5
Post Recentes
Abrir chat
Olá, você precisa de ajuda?