Mentor profissional: Qual a função do Mentor?

Publicado em: 06/11/2019
Autor: admin
Assunto: Mentoring
Tempo de leitura: 2 minutos

O Mentor tem a função de analisar implicações e consequências em situações críticas e “desafia” o mentorado, enquanto compartilha experiências, dá exemplos e conselhos e auxilia no networking. É aquele que identifica e discute questões éticas e incentiva a autoestima e a confiança do “discípulo”.

Ele também auxilia o mentorado a dominar o conhecimento necessário para desempenhar o próprio trabalho e o prepara para crescer na empresa e na carreira. A função básica do Mentor é orientar a vida pessoal e/ou profissional – seja em um novo projeto, processo de sucessão, tomada de decisões ou crescimento na corporação.

É o Mentor que ajuda o mentorado a perceber coisas na carreira que o último não enxergaria sozinho. A encontrar atalhos para chegar onde deseja e resolver situações de uma forma mais simples do que seria sem ele. 

O Mentor deve utilizar a sua vivência para orientar o seu mentee

E mais: tem a função de guia, que utiliza sua vivência para orientar o mentorado, ser paciente para ouvir as “dores” da pessoa, dialogar com ela, compartilhar experiências pessoais que possam servir de modelo na busca de soluções para os desafios.

Mentor ajuda a crescer na carreira

Ser Mentor é dar suporte e encorajar pessoas a gerenciar o próprio aprendizado e aperfeiçoar, ao máximo, o próprio potencial. É ser alguém que estimule o mentorado a desenvolver habilidades e aprimorar a performance, a fim de torna-lo um profissional melhor. 

A função do Mentor também consiste em ajudar nos processos mais complexos da vida, apontando caminhos, orientando, estimulando o pensamento, mostrando alternativas e elevando o ser humano. É como se, literalmente, pegasse nas mãos da pessoa e mostrasse o melhor caminho a seguir.

Além de orientar, o Mentor tem a função de “desafiar” o mentorado. É como se atravessasse a rua, olhasse para trás e dissesse: ‘Vem? Se eu consegui, você também consegue!’”. É alguém que estimula a autonomia do mentorado.  

Acima de tudo, o Mentor deve acreditar no potencial da pessoa. Deve ser alguém que, direta ou indiretamente, repasse visões, sonhos, ideais, princípios, valores, atitudes, conhecimentos e sabedoria. Enfim, que ajude a alcançar um objetivo pré-determinado na carreira. 

De nada adiantará, porém, se o mentorado não assimilar as dicas do Mentor. Afinal, é nisso que está o maior valor de uma Mentoria. Portanto, preste atenção nas orientações e atitudes do Mentor. 

Em resumo: o Mentor é uma pessoa que se baseia no conhecimento, leva o mentorado à ação e troca experiências com ele. Tem conhecimento superior (teórico e prático) e o transmite a seu pupilo, seja um profissional, uma startup ou um negócio consolidado. 

Enfim, tem autoridade em determinado tema, disponibilidade para ensinar e energia para gerar bons feedbacks em sua carreira. 

Outros conteúdos